O nome

– O problema é o seu nome.
– O que tem de errado com o meu nome?
– Não tem nada de errado…
– E então?
– É só que ele já é o nome de outra pessoa.
– É o meu nome.
– Eu sei… É claro que é, mas é que – como eu posso explicar? – pra mim ele não é seu…
– Mas ele é meu.
– É que a outra pessoa veio primeiro e agora eu já associei o nome à pessoa, não dá pra mudar. O nome é dela.
– E como eu fico nessa história?
– Não fica… Olha, me desculpa, mas…
– Quer dizer que todas as pessoas que você conhecer na vida com o mesmo nome que o meu você vai achar um problema?
– É que esse nome já está tomado por aquela pessoa, o que eu posso fazer?
– E se fosse ao contrário? E se eu não quisesse sair com você por causa do seu nome?
– Ele já é de outra pessoa?
– Claro que é! De muitas pessoas. Ou você acha que só você se chama Pedro na face da Terra? Tem o Apóstolo, tem o Papa, tem o Imperador, tem até o Pedrinho Matador. É meio arrogante da sua parte achar que só você pode se chamar Pedro agora…
– Algum desses é bem importante pra você?
– O Papa talvez…
– Importante importante? Tipo toda vez que você olhar pra mim e lembrar que o meu nome é Pedro você vai se lembrar do Papa?
– Acho que não…
– Viu? Então! O meu nome não está tomado ainda.
– Hmmm, o que você quer eu fale? Obrigada?
(…)
– Sério, não me leve a mal. De verdade. Você pode achar tudo isso meio loucura…
– Eu acho total loucura.
– Mas não é nada com você, é só com o seu nome. Desculpa, viu?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s