Todos os dias

Todos os dias eu vejo centenas, milhares de pessoas diferentes que passam apressadas com o peso de seus fardos, sucessos, sonhos, projetos, rancores, medos, arrependimentos, dúvidas, anseios, frustrações.

Elas vêm, passam, algumas olham, outras fazem cara feia, umas ainda ignoram o mundo enquanto parecem ter uma conversa inadiável pelo celular.

E, tão rápido como vieram, elas vão embora até nunca mais.

São poucas, numa proporção matemática muito próxima a zero, que cruzam brevemente seus caminhos em um encontro que muitas vezes tem o poder de transformar um dia inteiro. Essa é a história de algumas delas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s